terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Neste Local



Neste Local


Neste local.
Perdido no meio de tudo.
Haverá outro melhor?


Antes, já foi diferente.
Depois foi o que foi.
Foi um sentimento.
Uma acção, uma vida…….(Neste Local)


O nome, está perdido,…….(Neste local)
Por entre seres,
Sem nome.
O mundo escondeu-se……(Neste local)


Perdeu-se tudo……………(Neste local)
Voltamos ao passado.
Tudo é diferente.
Os números, as letras.


O desgaste da vida
Batalhas queridas
Passeios nocturnos.
Sob a vista da lua…………(Neste local)


Tentativas goradas
Multidão de ninguém
Desfiles nas avenidas ……..(Neste local)


Chuvas desnorteadas.
O norte está aqui…………..(Neste local)
O sul ali……………………(Neste local)


Suplicas dobradas.
Sobre alguém
Que se não acha……………Neste local


Os sonhos .
Não se realizam……………Neste local


Atirai pedras……………….A este local
Desfazei as ruas……………Deste local
Choro desfeito
Em lágrimas duras.


Donos sem cargo.
Liberdade, prisão.
Estradas de nuvens
Tomam posições.
Cara a cara,
Corpo a corpo……………..Neste local


Arvores desfolham-se……..Neste local
Medo possessivo
Olhares traiçoeiros
Fugitivo do fogo…………..Neste local


Temor, raiva
È tudo fingido.
Nos Deuses de agora………Deste local
Jogadores ocultos………….Neste local


Jogadas apagadas
Traição, traição
Fotografias vigiadas
Traição, traição…………….Neste local


Sons de tambores.
Choros convulsivos
Adoração fanática.
Desgostos, desgostos………Neste local

18/04/1985
Paulo Ramoa
Enviar um comentário