domingo, 23 de maio de 2010

ONDE ESCONDES O TEU AMOR

Onde escondes o teu amor.
Deves saber fugir á verdade.
Os teus olhos são misteriosos
Nunca te vi a olhar-me nos meus.


Desejos de Primavera.
Desejo de te ter nos meus braços
O meu amor não o consigo esconder.
Os meus olhos não te enganam.


Percorremos caminhos separados.
Por vezes magoas-me com situações.
Por vezes seduzes-me com atentados.
Autênticos atentados de beleza.


Prosseguimos o caminho separados,
As nossas vidas afastam-se
Um dia ainda vou descobrir.
Onde é que escondes o teu amor.



03/05/1987