domingo, 25 de janeiro de 2009

Excitar

EXCITAR

Posso pôr-te a delirar,
Com um simples movimento.
Num momento posso acabar.
Com todo o teu sofrimento.

Não te prometo o céu.
Simplesmente excitação.
Do querer, do poder.
Ser corpos em levitação.

Sensações, visões, distorções.
Alívios, suspiros, respirações
Pensamentos, Tormentos, lamentos.
Atracções, altas tensões.

Excitar-te é o meu instinto
Levar-te a sentir
Os poderes do teu corpo.
Num ser faminto.


Julho 1989
Enviar um comentário